CONSIDERAÇÕES FINAIS:

               

A energia está presente em todas as atividades da vida humana. Uma das formas mais utilizadas hoje é a energia elétrica por sua praticidade e limpeza, embora a sua obtenção cause sérios danos ao meio ambiente. O seu surgimento tornou a vida do homem mais fácil, substituiu o déficit do petróleo e favoreceu o desenvolvimento das nações.

 A partir dos primeiros registros sobre eletricidade, por Tales de Mileto, o conhecimento sobre ela tem evoluído muito, estando presente em todos os seguimentos de nossa vida. Hoje não podemos prescindir dela.

Conhecer os caminhos percorridos para se chegar ao conhecimento que temos hoje sobre eletricidade é também uma forma de perceber como a ciência é produzida por homens, com todas as sua limitações, desmistificando e possibilitando a todas as pessoas conhecer a multiplicidade de fatores e de profissionais envolvidas numa descoberta. Possibilita perceber também as lacunas de tempo que pode acontecer entre as várias etapas desta descoberta.   O quanto os conhecimentos já sistematizados são indispensáveis numa pesquisa. O quanto se despende esforços envolvendo, em muitos casos, a própria vida do pesquisador.

No caso da energia elétrica, a contribuição de muitas pessoas foi indispensável, desde filósofos até simples cidadãos que se encantavam com as novidades apresentadas pela eletricidade, passando por profissionais da engenharia, médicos, anatomistas, contadores e tantos outros. Este fato nos leva a refletir sobre os meandros da construção do conhecimento que costumamos vivenciar nas escolas.  Muitas vezes ele é tido como algo pré-existente, sem os percalços próprios da atividade científica, sem a multiplicidade de profissionais envolvidos. A importância do trabalho interdisciplinar e a não linearidade da ciência passam despercebidos.

O fato de desmistificar a ciência e o cientista, pode contribuir para a compreensão diferenciada de mundo e de pessoas, onde o conhecimento passa a ser possível a todos, e não a apenas alguns “iluminados”. Contribui, também para perceber que toda pessoa ou profissional pode ter parcela importante na construção da história.

A história e a cronologia aqui apresentadas podem estar sendo complementados, pois certamente muitos dos que contribuíram para a compreensão do que temos hoje sobre o assunto, não estão aqui citados, porém compreendemos que todos foram fundamentais na totalidade do processo.

Muito ainda existe por ser descoberto. Queremos contribuir com este estudo encorajando profissionais e amadores a participar ativamente da sua própria história e da história da humanidade.