I ENCONTRO NACIONAL DE COORDENADORES DAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS BRASILEIRAS

 

SÍNTESE QUANTO A COMPREENSÃO DE DOCÊNCIA:

 

O trabalho docente  caracteriza-se como processos e práticas de produção, organização, difusão e apropriação de conhecimentos que se desenvolvem em espaços educativos escolares e não-escolares, sob determinadas condições históricas. Nesta perspectiva, o docente define-se como um sujeito, em ação e interação com o outro, produtor de saberes na e para a realidade. A docência define-se, pois, como ação educativa que se constitui no ensino-aprendizagem, na pesquisa e na gestão de contextos educativos, na perspectiva da gestão democrática.

 

 

NÚCLEOS DE FORMAÇÃO – pesquisa e pratica articulando os componentes curriculares (diversidade de desdobramentos operacionais)

 

 

 

“Os núcleos de estudos deverão proporcionar aos estudantes, concomitantemente, experiências cada vez mais complexas e abrangentes de construção de referências teóricometodológicas próprias da docência, além de oportunizar a inserção na realidade social e laboral de sua área de formação. Por isso, as práticas docentes deverão ocorrer ao longo do curso, desde seu início”.

 


 

·        Docência como atuação no conjunto dos espaços educativos, não se restringe à regência, rompe com o tecnicismo, com a dicotomia professor/gestor.

·        Há uma certa incompatibilidade entre os conceitos de gestão e docência. Ora a noção de docência é tão ampla que contempla a gestão, ora aparecem dicotomizadas

·        A docência vinculada à pesquisa não é problemática, muitos já fazemos isso

·        Docência como prática educativa – organiza, desenvolve, avalia. Na prática escolar temos o ensino que acontece na sala de aula e a gestão da escola como um todo. A pesquisa refere-se a esse contexto. Deveria ser docência: ensino, gestão escolar, pesquisa. Qualquer função escolar é educativa, assim não têm mais sentido as concepções tradicionais de especialidades.

·        A docência é uma prática educativa, mas nem toda prática educativa é docência, por ex. relações familiares. Na pedagogia, há que ter algo que defina essa prática, para não perder nosso papel.

·        docência entendida como práticas de docência  e gestão educacional que ensejem aos licenciados a observação e acompanhamento, a participação no planejamento, na execução e na avaliação de aprendizagens, do ensino ou de projetos pedagógicos, tanto em escolas como em outros ambientes educativos.

·        Ambigüidade conceitual tanto no corpo das diretrizes, quanto nas nossas cabeças-fruto de nossas experiências pessoais (formação) e profissionais “A docência compreende atividades pedagógicas inerentes a processos de ensino e de aprendizagens, além daquelas próprias da gestão dos processos educativos em ambientes escolares e não-escolares, como também na produção e disseminação de conhecimentos da área da educação”

·        Docência como ação educativa que envolve as dimens,ões do ensino, da pesquisa e da gestão como funções fundamentais da formação do pedagogo.